BLOG TÔ NA MÍDIA SURUBIM

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Os números da política em Surubim Quem subiu, quem desceu, quem avançou, quem cresceu, quem sumiu, quem apareceu ?

Resultado de imagem para justiça eleitoral
      E  assim  se  foi  mais  uma  campanha  em  nosso estado
e  em  nosso  município.  Os  representantes da nossa  terra
saíram em busca do sucesso.
      No município    de    Surubim   foi   assim:  Deputados
estaduais  e  federais  com  seus  apoiadores. 

Ricardo Costa
em  2014  teve  o  apoio   do   ex-prefeito  Túlio  e  registrou
3.110   votos.    Agora    apoiado    pela    vereadora    Anabel
conseguiu 1.129.
     Lembrando   que   Anabel  foi  eleita  vereadora  em 2016
com 1.286 votos. Expressiva votação.


      O candidato  de  Túlio,  Gustavo  Gouveia  foi  votado em
Surubim com 2.607, menos 703 votos com relação ao apoio
do ex-prefeito ao dep. Ricardo Costa em 2014.

     Atual  prefeita  do município  Ana  Célia, conquistou com
seu grupo em 2014,  8.710  votos  ao dep.  Nilton Mota e em
2018  apoiou Lucas Ramos que obteve 5.516. Menos 3.194.

      Dr. Valdi  se  elegeu  em  2014  e conquistou  3.760 votos
em  Surubim.   Já  nas  eleições  em  2018,   foi   votado   por
3.904. Mas não se reelegeu. Mais 144 votos. Não reeleito.

     Valda  Sedícias  foi  candidata   pela   primeira  vez e teve
433 no município e em todo estado 1.953 votos. Não eleita.

    Juliana  Chaparral chegou  com força   e fez um“estrago” também  na  cidade do Surubim. Desconhecida na política da Capital da Vaquejada,  ela foi galgando espaço e chegou a  marca  3.479  votos  em  Surubim. 

    No estado  ela obteve  31.999  votos.  Teve  o  apoio do também  vereador Itamar. Não conseguiu se eleger.

   Doriel  Barros teve  o  apoio  de Ivete  do  Sindicato e seu grupo, obtendo 1.773 votos em Surubim,no estado 66.990, sendo eleito deputado estadual.

   O Folclórico Zé do Cachimbo foi votado em Surubim com 242. Em todo o estado teve 319. Na eleição de 2016 para vereador ele obteve 33 votos. Não chegou a vitória.

    Neto Surubim colocou sua candidatura para deputado estadual e obteve em Surubim, 13 votos e em todo o estado 61 votos. Passou longe.

     Na eleição de 2014 o candidato Lula de Zé da Sopa teve 666 votos. Em 2016 teve 191 votos para vereador.

    Para a câmara federal, Ana Célia apoiou em 2014 Danilo Cabral e ele foi eleito com 113.588 votos, sendo que foi votado em Surubim com 12.202. Em 2018 Danilo obteve 9.853 votos. Menos 2.349 em Surubim. Somou 91.635 no estado. Segue para mais um mandato.

    Os ex-prefeitos Túlio Vieira e Flávio Nóbrega apoiaram em 2014 para dep. Federal Mozart Lucena, que obteve 7.248 votos na cidade. Já em 2018, Túlio e seu grupo apresentaram Ricardo Teobaldo, que consegui uma votação de 2.381. Em relação a Mozart Lucena, menos 4.867 votos. Teobaldo no estado se reelegeu com 73.551 votos.

     Só lembrando que o candidato do  ex-prefeito  Flávio Nóbrega  para  dep. Estadual  em  2014  foi  João Lira
que teve 3.123 votos.

    Professor  Edier  foi  candidato  a  dep. Federal  e  obteve  394  votos  em  Surubim.  No  estado  somou  577.
Edier foi candidato a prefeito em 2012 e teve 124 votos, a vereador em 2016, somou 157.

    Anabel por sua vez apoiou Marília Arraes para federal e ela foi votada em 2.046 vezes na cidade e no estado com 193.108 votos, sendo a 2ª mais votada. Primeiro João Campos com 460.387 votos.

   A vereadora Ivete do Sindicato apoiou Carlos Veras e o mesmo teve 2.125 votos em Surubim e 72.002 em todo estado. Eleito.

Gerandonoticias.com – Marcílio Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário